Please reload

Posts Recentes

Edital nº 003/2019 - SEMSA

July 18, 2019

1/8
Please reload

Posts Em Destaque

Prefeito convoca servidores que têm faltas há 2 meses em Porto Acre

February 8, 2017

 

 O prefeito Bené Damasceno (PROS-AC), da cidade de Porto Acre no interior do Estado, convocou servidores efetivos que estão com faltas a se apresentarem em um prazo de até 72 horas nas secretarias aonde estão lotados.


Damasceno não soube informar a quantidade de servidores que estão nesta situação e afirmou que iria providenciar os dados, porém até a publicação desta reportagem, o G1 não obteve resposta.


Desde que a nova administração iniciou os trabalhos, no dia 2 de janeiro, de acordo com o prefeito, esses servidores efetivos não estão indo trabalhar e continuam recebendo normalmente. O decreto de convocação foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (8).

 

Damasceno afirmou que os servidores são de diversas secretarias da cidade e as faltas têm prejudicado a realização das ações da nova administração. O prefeito alertou que, caso os servidores convocados não se apresentem, eles terão os pontos cortados após o prazo estipulado.

 

"Caso não se apresentem, vamos começar a cortar o ponto, porque não é justo o funcionário receber e não trabalhar. A situação do município é crítica, e aí estamos convocando para que eles se apresentem e façam jus ao que recebem e possam contribuir com a administração, melhorando as condições do município", afirmou Damasceno.

 

O gestor da cidade do interior do Acre ressaltou que essa é uma prática costumeira de alguns servidores e que o problema se arrasta há alguns anos na cidade. "Boa parte está acostumada e isso já vem de longas datas. Tem funcionário que há bastante tempo não contribui com o município, mas recebe e nós não achamos que seja justo", acrescentou.

 

Caso os servidores convocados não se apresentem em 72h e tenham o ponto cortado por 15 dias, o prefeito informou que uma nova convocação deve ser publicada para dar mais uma chance. Porém, segundo ele, se a pessoa voltar a não se apresentar após essa nova convocação, os secretários de cada órgão devem tomar providências.

 

"Se não se apresentar novamente, vamos abrir um processo administrativo e se for o caso, vamos demiti-lo. Isso porque, o funcionário que não se apresenta no trabalho, ele não serve. E é abandono de emprego", concluiu Damasceno.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga