Porto Acre é beneficiado com doação de cestas básicas pelo programa Mesa Brasil do Sesc

O sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, por meio do Programa Mesa Brasil do Sesc, finalizou na quinta-feira (16), nas cidades de Porto Acre e Acrelândia, mais uma etapa de distribuição de cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social, com o apoio das Secretarias Municipais de Assistência Social das cidades beneficiadas.


Nesta etapa foram distribuídas aproximadamente 4 mil cestas básicas em 14 municípios do Estado. O recurso para aquisição dos alimentos foi proveniente de doações realizadas ao Projeto Fome de Música do Sistema Fecomércio do Distrito Federal.


A coordenadora do Mesa Brasil do Sesc Acre, Marizete Melo, explicou que sem o apoio e colaboração dos parceiros foi fundamental para o sucesso da ação. "Isso tudo foi possível devido àsparcerias, das doações ao Projeto Fome de Música, dos empresários e sociedade que contribuíram com essa rede de solidariedade nesse momento tão crítico".


Monikelly Azevedo, assistente social do Mesa Brasil do Sesc Acre, explanou que as Secretarias Municipais de Assistência Social foram os responsáveis por selecionar as famílias beneficiadas. "São famílias cadastradas pelas secretarias e que fazem parte do cadastro do Governo Federal, ou seja, famílias que estão aptas a receber este benefício e que estão dentro desse perfil que nós buscamos atender, que são as pessoas em situação de vulnerabilidade social e estão realmente passando por dificuldades, principalmente nesse momento de pandemia".


O prefeito Bené Damasceno, agradeceu as cestas básicas doadas a famílias de Porto Acre. "Gratidão e carinho a equipe do programa Mesa Brasil e suas entidades representativas Fecomércio-Sesc-Senac/AC, que trouxe essas cestas básicas para atender nossas famílias carentes nesse momento difícil causado por conta dessa pandemia do covid-19. Que essa boa ação se repita muitas vezes aqui e será sempre bem vinda".


Regiane Bezerra moradora da Vila do V em Porto Acre, município beneficiado com 150 cestas básicas, desempregada e mãe de cinco filhos, disse que a doação irá ajudar muito sua família. "Tem muitos por aí que não tem o que comer e estamos ganhando hoje".